O QUÊ É CPT NO PLANO DE SAÚDE ?

CPT é uma sigla que na sua interpretação significa Cobertura Parcial Temporária

Esta cobertura restringe o atendimento de cirurgias ou procedimentos de alta complexidade para eventos relacionadas as doenças pré-existentes que o cliente saiba possuir quando faz o contrato.

cpt

Exemplo: Digamos que o cliente tenha uma doença pré existente ( cirrose ). Durante o período de 24 meses, a operadora do plano de saúde pode negar o atendimento caso o cliente precisa fazer uma cirurgia relacionada a esta pré-existência. Isso é a CPT.

Bem, Planos de saúde tem uma legislação específica e com muitas regras que são desconhecidas da maioria da população.

Existem as carências dos planos de saúde contratuais que a maioria das pessoas sabem o que é pois é um tempo que leva a partir da assinatura do contrato por parte do cliente, onde ele precisa esperar para usar o seu plano para as coberturas que ele contratou.

As carências variam conforme os procedimentos a serem utilizados pelo cliente.

Em geral as carência são de 30, 60, 90, 180, 300 dias. E ainda 24 meses que é justamente a CPT ( Cobertura Parcial Temporária ).

 

POR QUE A COBERTURA A CPT É PARCIAL E TEMPORÁRIA?

Porque o cliente tem a cobertura apesar de não estar plenamente disponível ainda que temporariamente.

A parcialidade da cobertura é porquê mesmo em cumprimento de carência, o associado pode usar o plano para algumas coberturas que estejam ou não ligadas à doenças Pré existentes.

Como assim? O que acontece é que dentre os períodos de carência, informados a cima, o período de 24 meses é o que se refere às CPTs.

Isto acontece porquê quando o cliente fecha o contrato do seu planos de saúde, ele é obrigado a preencher a DS ( DECLARAÇÃO DE SAÚDE ).  Trata-se de um questionário que é submetido ao cliente para que ele informe para a empresa contratada a sua condição atual de saúde.

Como esta declaração está prevista em lei e é obrigatória, as operadoras e seguradoras de planos de saúde passam a ter a informação do estado de saúde atual do candidato a contratar a empresa.

Tal informação pode gerar a CPT ( cobertura Parcial Temporária ) que é justamente um tempo que o cliente precisará esperar para poder utilizar plenamente as coberturas do seu plano, haja vista, que poderá fazê-lo porém, parcialmente como já informado.

 

A COBERTURA PARCIAL TEMPORÁRIA COMO FATOR MODERADOR.

Caso não houvesse a CPT, as pessoas não fariam planos de saúde como forma preventiva. Mas deixariam para fazer somente quando precisassem para algum problema de saúde que tenha sido descoberto subitamente.

O que inviabilizaria todo o sistema pois o que mantem as empresas é justamente a pouca utilização dos associados que acabam por pagar os grandes eventos cirúrgicos de altos custos.

O fator moderador neste caso é justamente proteger as operadoras e seguradoras dos clientes que buscam os planos somente quando ficam doentes ou por acidentes pessoais.

A CPT ( COBERTURA PARCIAL TEMPORÁRIA ) portanto, ajuda a manter o negócio das empresas do ramo viáveis pois os clientes que contratam os planos de saúde com finalidades específicas para se tratarem precisam cumprir um prazo para usarem os procedimentos de maior custo.

 

A COBERTURA PARCIAL TEMPORÁRIA NÃO IMPEDE O CLIENTE DE USAR O PLANO.

A CPT ( COBERTURA PARCIAL TEMPORÁRIA ) Possibilita uma utilização preventiva para outras possíveis doenças que o associado pode ter.

No Brasil, a utilização da medicina curativa se dá maciçamente através do SUS. Em países desenvolvidos há toda uma preocupação e consequente prática da medicina preventiva.

A cultura do brasileiro é procurar médico e atendimentos de diagnósticos somente quando se está já com algum problema de saúde e se busca a cura para ele. Ou então quando se sofre algum acidente.

Precisamos mudar esta cultura e passar a fazer a medicina preventiva.

Se você quiser uma cotação on line é só clicar aqui a baixo.