O que é carência no plano de saúde?

Em poucas palavras o que define o que é carência plano de saúde é o período em que é preciso aguardar de plano para utilizar determinado procedimento.

Esse prazo começa a contar a partir da vigência do contrato, ou seja, quanto o plano fica ativo. É quando passa a contar o prazo de carência no seu plano.


Quem define os prazos de carência de um plano de saúde?

Hoje, as carências dos planos de saúde são controlada pela ANS, Agencia nacional de saúde, que é o órgão que regulamenta as operadoras.

Na história dos plano de saúde, houve um marco significativo , a chamada LEI 9656/98 onde mudou drasticamente a forma de administrar os planos de saúde e principalmente os períodos de carência.

Quem tinha plano de saúde antes desta lei, vai confirmar que era um caos. Os donos de empresas de planos de saúde colocavam períodos de carência muito longo. As vezes você precisava esperar mais de 1 ano para ter direito a internação.

Não existia uma regra padrão, um prazo específico, cada operadoras determinavam os períodos que elas quisessem. Depois desta lei, houve uma padronização no período de carência.

Fizemos um video para melhor entendimento sobre este assunto tão importante hoje em dia: Carências de planos de saúde.


Quais são os prazos de carência de planos de saúde?

O plano de saúde hoje é obrigado a estabelecer uma regra padrão de carência, que são elas:

24 horas para os casos de urgência e emergência;
30 dias Consultas e Exames Simples
180 dias para os demais casos: Internações e exames de Alta Complexidade
300 dias para partos;
24 meses doenças ou lesões preexistentes

É muito comum devido as concorrências das operadoras de planos de saúde oferecerem redução de carênciaUm plano de saúde, nunca poderá aumentar este prazo de carência, mas se elas quiserem reduzir é aceitável pois neste caso vai beneficiar diretamente o cliente.

Por exemplo, digamos que a carência para fazer um exame de sangue seja de 2 meses, ta errado !! Esta carência normal é de 30 dias.

A operadora nunca poderá aumentar o prazo. Mas se ela quiser reduzir a carência é totalmente permitido.

Na imagem abaixo é um exemplo, temos um exemplo das carências contratuais e as carências reduzidas que está sendo oferecida pela operadora de plano de saúde.

Como mostrado na imagem, a carência para consultas é de 30 dias, mas neste caso a operadora oferece redução para 1 dia após a vigência do contrato.


Qual plano de saúde tem a menor carência?

Quando as operadoras oferecem carências reduzidas, o cliente tem a opção de escolher entre um plano e outro. Ele faz um comparativo, além de preços, rede credenciada, a carência também pode ser um determinante para escolher um plano.

Não existe operadora com tempo de carência menor que outra. O que existe é um aditivo de redução de carência, onde as operadoras disponibilizam o tempo para utilizar determinado procedimento e assim anexam ao contrato.

O cliente quando estiver contratando o plano de saúde, poderá saber exatamente os procedimentos que estão com carência reduzida.

O papel do corretor é conhecer muito bem estes prazos e com isso oferecer um melhor atendimento. Muitos clientes que ligam para a corretora RJMID quando contratar um plano de saúde, perguntam sobre planos de saúde que tenha carência zero.


Existe carência zero para planos de saúde?

Se a contratação for de pessoa física ou adesão, a resposta é: não existe plano com carência zero.

Na verdade, os planos com carência zero, são os planos empresariais acima de 29 funcionários.

O plano de saúde empresarial que oferece carência zero com uma quantidade menor de funcionários é o Sulamérica. Que a partir de 10 pessoas já passa a ter carência zero.

Uma dúvida comum é:

Estou insatisfeita com meu plano atual e quero mudar de plano. Vai ter compra de carência?
A resposta é, o novo plano vai reduzir o seu prazo de carência. O termo mais popular é falar comprar carência, mas o termo real mesmo é falar redução de carência. Cada plano de saúde possuem aditivos de redução de carência.

O que é carência no plano de saúde?

Carência padrão da ANS

É importante falar que tem operadoras que já reduzem carência a partir de 3 meses. Mas a grande maioria, você precisa ter 1 ano no plano anterior. Por exemplo, tem alguns procedimentos que não reduzem os prazos de carência de planos de saúde, que é o caso de parto, doenças pré existentes.

Você pode ter 10 anos no plano de saúde anterior, mas se quiser mudar de plano, a carência no plano de saúde para parto também será de 10 meses, é como se você estivesse fazendo um plano novo. Nos demais precedimentos é necessário ler no contrato os prazos de redução, de acordo com a operadora que contratar.

Bom, carência de plano de saúde é um assunto muito importante e você precisa ficar por dentro na hora de contratar.

Aqui na corretora RJMID temos um canal no youtube onde você poderá conhecer mais sobre este assunto e muitos outros relacionados a plano de saúde.

Agora que você já sabe mais sobre carências de planos de saúde, é só saber quanto fica o preço do plano de saúde para sua idade.