O que é Coparticipação no Plano de Saúde?

O que é Coparticipação no Plano de Saúde? Se trate de uma especia de franquia, onde na utilização do plano de saúde é cobrado um valor para cada procedimento. Em consultas, exames, terapias e internações. Isso traz, em geral, vantagens pois o valor da mensalidade em relação aos planos tradicionais é menor. Um plano de saúde, mesmo que de coparticipação, sempre traz mais qualidade de vida.

 

Cobrança da Coparticipação no Plano de Saúde

O cliente usa o plano para o que for necessário durante todo o mês sem ter de pagar nada na hora, pois os valores das coparticipações só serão cobrados em faturas posteriores.

O que é Coparticipação no Plano de Saúde?

O cliente pode acompanhar sua conta de utilização através da internet. Lá, além do valor que lhe será cobrado do somatório dos procedimentos, tem também os dias e quais os exames e consultas que foram computados, bem como, o valor individual dos mesmos. Isto ajuda a não ter surpresas desagradáveis na chagada dos boletos.

Importante observar que o não pagamento do boleto com valor alto de utilização, e consequentemente, com a desistência do contrato, poderá gerar negativação do cliente junto aos órgão de proteção de crédito pois a cobrança é devida, haja vista, que o serviço já foi prestado e cabe ao cliente fazer o pagamento para solicitar o cancelamento do contrato. Se não, há sim a possibilidade da inclusão do nome do cliente nos órgãos de defesa do consumidor. O que pode dar dor de cabeça e perda de tempo para regularizar a sua situação.

Plano com coparticipação é mais Barato?

Só vale a pena a contratação de planos de coparticipação quando o cliente sabe que não possui nenhuma doença pré existente. Pois, caso contrário, se houver a utilização de muitos procedimentos de exames de diagnósticos e ainda procedimentos terapêuticos, o valor a pagar de muita utilização poderá ficar bem mais caro do que o valor dos planos convencionais. Normalmente o plano com coparticipação é em torno de 20 a 30% mais barato do que os planos sem coparticipação.

Quais os valores da coparticipação?

Pode variar conforme a operadora de plano de saúde ou seguradora. Cada empresa tem uma tabela pois não há uma recomendação da ANS em relação a isto. Em nenhuma circunstância, o cliente paga o valor total do procedimento. As operadoras sempre terão de pagar uma parte da despesa pelo serviço prestado pelo credenciado. Em algumas empresas onde o benefício do plano de saúde é oferecido pela empresa, também há a possibilidade de a própria empresa ratear com o empregado esse custo direto no contra cheque.

Nos casos de internações hospitalares, a cobrança não pode ser por percentual da despesa de honorários médicos e hotelaria hospitalar. A cobrança é por valor fixo e por evento, ou seja, não leva em consideração a descrição do que foi feito e sim pelo período em que o associado permaneceu internado.

Em alguns casos o valor a ser economizado nos planos de coparticipação pode chegar a 40% dos planos convencionais. Porém, tem muita gente que desconhece esta modalidade de plano de saúde. Considerando a possibilidade de não ter um plano por causa do alto custo, é melhor fazer um plano de coparticipação para garantir a assistência médica de qualidade.

Para saber mais informações ou tirar dúvidas a respeito de co participação ou outros assuntos ligados a planos de saúde, acesse nosso vídeos explicativos nos nosso canal do youtube RJMID. Mas se quiser fazer uma cotação de preços de planos de saúde, preencha o formulário a baixo.